Encurtadores de URLs deixam web mais lenta

De acordo com um estudo da startup holandesa WatchMouse, os encurtadores de URLs deixam a web mais lenta.

A metodologia usada pela empresa foi a seguinte: os 14 encurtadores URLs analisados foram verificados a cada cinco minutos, a partir de diversas estações da startup em todo o mundo, considerando apenas o tempo de redirecionamento.

O estudo apontou que, de modo geral, os encurtadores aumentam o tempo de carregamento de uma página em pouco menos de um segundo. Apesar de parecer pouco, esses valores, antes imperceptíveis, passam a fazer a diferença diante de conexões cada vez mais rápidas, e o tempo de acesso tende a ficar mais lento que o de carregamento em si.

Entre os destaques positivos estão os encurtadores do Google, goo.gl e youtu.be, que foram os mais rápidos, gastando menos de 1/3 de segundo para levar o usuário ao destino desejado. O destaque negativo fica por conta do fb.me, do Facebook, que demora dois segundos para fazer o mesmo trabalho.

A WatchMouse lançou um portal de acompanhamento de encurtadores de URLs, chamado de URL Shorteners Public Website Status.

Por: iMaster´s
Com informações de Meio Bit